sábado, 27 de junho de 2015

Playlist especial: Músicas da primeira temporada de Sense8

Hoje trago para o blog uma playlist especial que fiz sobre a série Sense8 que já apareceu no blog e que você com TODA a certeza do mundo deve assistir.
A playlist tem algumas das músicas que foram tocadas na primeira temporada da série, espero que gostem!

 



 

E Netflix meu amor... Confirma a segunda temporada logo porque eu estou pirando aqui na necessidade da continuação dessa série!





segunda-feira, 15 de junho de 2015

Sense8: Você vai se conectar com todos os personagens.

Que a Netflix está começando seu plano de dominar o mundo e nós percebemos isso com Demolidor é um fato, e então a coisa ficou realmente séria após Sense8 ser lançada.
A série criada pelos irmãos Wachowski que nem sempre são compreendidos por seus trabalhos é uma obra prima.


A série se passa em lugares diferentes do mundo, em cada lugar segue um personagem, no total são oito pessoas diferentes que em certo momento criam uma conexão mental. Dessa forma eles podem sentir um ao outro, ver o que o outro está vendo, e isso mesmo estando do outro lado do mundo.
A premissa da série é esta conexão entre os personagens, mas ao longo dos episódios isso acaba se tornando algo meio que de fundo porque embora eles se conectem várias vezes, a questão são os personagens em si. Suas vidas, decisões, dificuldades e como cada detalhe deles atinge fundo dentro de todos nós e acabamos nos sentindo conectados a eles da mesma forma que eles são conectados uns aos outros neste grupo de oito.
Este é o tipo de obra que te pega e te faz pensar sobre a vida de todas as formas possíveis.
Vi muitas pessoas falando sobre a série ter cenas fortes, e de fato tem, mas nenhuma delas foi colocada lá apenas para chocar. Todas foram orquestradas de forma sensacional, bonita e delicada. Todas as cenas foram necessárias no enredo e foram incrivelmente bem feitas, os atores estão de parabéns, assim como a direção e os roteiristas.
Cinco borboletas Brilhantes - Eu realmente amei esse livro/filme/série!

Este é o tipo de série que você não tem palavras para descrever o quão incrível é, você apenas sabe que é incrível e quer que todas as pessoas que conhece assistam e entendam o que você está sentindo graças a série.
Devo dizer que essa não é uma série simples, se você não se colocar totalmente nela não vai conseguir acompanhar tudo. MAS, para ser sincera... Ao meu ver ela é sim simples, mas depende de como você vai encará-la e isso a torna complexa.
O máximo que posso dizer é que essa série é genial e que merece mais do que uma nota máxima. O Netflix mais uma vez surpreendeu com mais uma de suas produções muito bem feitas.
Ignore todas as séries que tem que por em dia, ignore qualquer filme que quer ver no cinema e abra o Netflix para assistir esta série incrível porque vale a pena. Demais.
E se ainda tem dúvidas se vai ou não começar essa série, vai aqui o trailer, saboreie com cuidado, é bem forte:


Série sensacional! Já quero a segunda temporada AGORA!!! 



terça-feira, 9 de junho de 2015

Isto Não é Uma Resenha - Novembro - #4

Olá humanos! No especial do Isto Não é Uma Resenha em vídeo faltou um vídeo, mas acabei precisando atrasá-lo, assim como vários outros posts no blog. Hoje continuo a sessão de livros nacionais no Isto Não é Uma Resenha, porém em formato escrito, em breve postarei o último vídeo do projeto.
----------------------------------------------------------------------------------------------------
O livro do post de hoje é o Novembro - 281 dias para recuperar um sorriso, ele foi escrito pela Vanessa S. Marine que tive o prazer de conhecer na Bienal e assim ganhar meu autógrafo lindão 


De início quando li a sinopse pensei que o livro fosse ser algo super clichê já que o assunto já foi tão falado sobre em filmes e livros, mas Vanessa me surpreendeu com um enredo bem feito e com personagens divertidos e bem produzidos.
Amanda Horstmann é a personagem principal, e mesmo que não me veja nela acabei conseguindo criar certo carinho por ela ao londo dos capítulos e gostei de como ela passou pelas situações impostas. O romance tratado no livro não foi forçado, foi simples e acompanhou o tempo certo, e faz tempo que não via um livro com um romance tão tranquilo e numa boa como o de Amanda e Fernando. Foi incrível ler sobre os dois se conhecendo melhor e conhecendo a si mesmos também nesse caminho, e sem pressa, sem nada forçado.


Todos os personagens tiveram suas próprias lutas e o trabalho neles foi interessante. Não teve triângulo amoroso forçado, e a personagem Amanda me surpreendeu em como lidou com seus problemas. Nas 256 páginas de Novembro vê-la crescendo e mostrando quem é foi incrível.
A capa do livro está bonita, porém devo dizer que gostaria mais dela se a roupa da capa (Uniforme de futebol.) fosse como a descrita no livro e não na cor vermelha e amarela, mas em total está muito bonita.


A diagramação também ficou muito bonita, e embora a separação de capítulos tenha uma página com imagem por trás ela foi colocada de forma clara e não deu aquele choque de quando viramos a página e pofht, a cor muda tão rapidamente como na diagramação de A-LII que falei no vídeo do Isto Não é Uma Resenha #3.


Em total o livro foi muito interessante e consegui terminá-lo em uma manhã. Não consegui largar o livro até terminá-lo, e quando acabou ficou aquele gostinho de quero mais.
Algumas coisas foram deixadas em aberto e espero realmente que em breve o segundo livro da saga seja lançado para que possa ler e descobrir mais sobre o mistério todo da mãe da Amanda e sua vida antes de falecer.


Estou ansiosa para a continuação do livro e super indico para todos os leitores do blog está coisa linda escrita pela Vanessa S. Marine. 

SINOPSE: Amanda Horstmann foi expulsa do time de futebol da escola, sua maior paixão, e entre esse acontecimento, descobre que sua falecida mãe compôs uma música para seu pai enquanto ainda era viva. Motivada por essa descoberta, decide aprender a tocar a música para seu pai na esperança que ele volte a sorrir como antes, mas há um problema: Ela mal sabe segurar um violão. É neste momento que Fernando Amargo, filho do ex treinador de futebol da Amanda e ex guitarrista de uma banda de rock, surge em sua vida precisando de aulas de futebol - queira ele admitir ou não. O que você faria diante dessa situação? Bom, o que você faria eu não sei, Amanda e Fernando decidiram fazer uma troca. Mas o que acontece quando um garoto se submete a ter aulas de futebol com uma garota? E como fica seu coração ao ajudar o filho da pessoa que você mais detesta, a realizar um sonho que é seu? E o que fazer quando recuperar o sorriso do seu próprio pai te leva a caminhos incertos? Novembro é um romance emocionante e divertido, que narra a história de uma garota obstinada a fazer seu pai feliz e a tentar conhecer mais sobre a mãe que nunca teve, nem que isso signifique ter de adiar seu maior sonho. Este é o primeiro livro de uma série que te prenderá do primeiro ao segundo tempo.

Quatro borboletas Brilhantes - Opa, me gusta!

Um livro que li sem esperar muito dele e acabou me surpreendendo por completo e merecendo uma nota muito alta. Não dou a nota máxima porque algumas coisinhas não foram assim tão incríveis, mas no total este foi um livro MUITO bom e merece sua atenção. E só pra finalizar... 
PRECISO DA CONTINUAÇÃO DESSE LIVRO!